Postado por : Tamiris Leitão 29 maio 2015

Título: Chamado Às Armas
Série: A Guerra dos Fae #2
Autora: Elle Casey
Páginas: 368 
Editora: Geração Editorial
Resenha por: Tamiris
 
ATENÇÃO: Essa resenha contém spoilers do primeiro livro " As Crianças Perdidas" (resenha aqui).

O livro começa com Jayne, Chase, Becky, Finn e Spike se tornando "Crianças Trocadas" e assumindo seus postos para a preparação da guerra. Isso mesmo, Tonny escolheu voltar para casa. Agora eles devem descobrir que tipos de Faes eles são: Ninfas, Incúbos, Duendes, Deamons e devem conviver bem com o que a natureza os ofereceu.

Com a guerra iminente, Jayne mal  tem tempo de sentir saudades de Tony, pois logo ela fica ocupada em aprender mais sobre seus poderes e durante esse período de reconhecimento, Jayne conhece novos e cativantes personagens. Enquanto issoTony segue sua vida com o novo amigo que arranjou. E Jayne e seus amigos notam que mesmo tendo aprendido tanto nos meses que estão lá, ainda há muito a se saber sobre os Fae e que isso pode causar problemas.

Tenho que confessar, peguei para ler "A Guerra dos Fae – O Chamado às Armas" logo após finalizar o primeiro livro da série, "As Crianças Trocadas". Estava muito ansiosa e cheia de expectativas, e mesmo ainda assim Elle conseguiu superar todas. Mais uma vez ela se mostrou capaz de criar uma história de fantasia com uma escrita e roteiro incrível.

“– Não! Você faz o que é certo para você. Ele faz o que é certo para ele. Às vezes, o que é certo os reúne. Às vezes, separa. A única coisa que você tem é a honestidade. Seja honesta consigo mesma agora”

Nesta sequência de "As Crianças Trocadas", muitas perguntas e pontas são abertas neste livro, e muitas outras deixadas pelo primeiro volume são fechadas. A forma como Elle introduziu isso na história foi ótimo, porque o leitor tinha que prestar muita atenção, pois a informação que ela dava em uma página era importante no futuro. Além disso tudo, tem aquela coisa de “não largar a história”. Sério, quando você está terminando um capítulo acontece algo ou se fala algo que é super importante e você precisa saber o que é, então passa para o próximo capítulo. E assim sucessivamente.

Todos os personagens, desde aos que já existiam aos que chegaram, cativam você de um jeito louco. Eu pensei que Tony fosse sumir neste livro, mas ele aparece ainda mais que o primeiro e conseguiu arrancar muitos gritos de frustração da leitora aqui. Os Faes que ficaram resolveram ser mais brilhantes ainda e chamaram muita atenção, e eu gostei. Tenho carinho por todos eles.

“ [...] – Ouça, meu velho, quando trinta duendes erguem flechas em seus arcos e avisam que você tem trinta segundos para pensar em como se defender, isso é tentativa de assassinato. Não é fruto da minha maldita imaginação!”.

Não posso dizer nada sobre essa diagramação da Geração né?! Capa linda, detalhes gráficos lindos, páginas amarelas e fontes agradáveis.  Eles arrasaram, e eu já estou cheia de curiosidade do próximo.

Comentários
4 Comentários

{ 4 comentários... comente você também }

  1. Ainda não conhecia a série, por isso não li a resenha. Lerei a anterior.

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  2. Gosto de livros fantásticos. Sou muito fã de distopias, mas esse livro juntando com o anterior parece ser uma ótima leitura! :)

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia essa série, mas essa capa é lindíssima.
    SUA ESTANTE
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  4. Eu sou louca para começar a ler essa série,mas nunca consigo,por isso não li a resenha toda,só algumas partes por causa dos spoilers,mas a minha atração só aumentou...

    a diagramação da Geração Editorial é perfeita,não é??

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir

^

- Copyright © 2013 Quatro Amigas e um Livro Viajante - Hospedado pelo Blogger -