Postado por : Thainá Cristina 31 janeiro 2014

Título: Divergente
Saga: Divergente - Livro 1
Autora: Veronica Roth
Páginas: 502
Editora: Rocco
Resenha por: Débora L. Poco
Compre com desconto
Entrei no mundo de Divergente com dúvidas. Pensei que seria somente mais uma trilogia distópica futurista e uma cópia de The Hunger Games (Jogos Vorazes) e por isso demorei tanto para começar a ler mas para minha surpresa fiquei extremamente fascinada com o mundo que Roth criou.

Uma cidade isolada do resto do mundo na qual a sociedade é dividida em cinco facções: Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição.

Em uma cerimônia de iniciação anual todos os jovens de dezesseis anos das respectivas facções são obrigados a tomar a decisão que mudará suas vidas para sempre tendo de escolher entre ficarem com suas famílias e tudo o que conhecem, ou seguirem um novo rumo na facção de sua escolha. Os jovens descobrem para qual facção tem aptidão no teste de Aptidão dias antes da cerimônia.

Beatrice Prior a protagonista da trilogia tem dezesseis anos, terá de participar da cerimônia de iniciação este ano. Beatrice nasceu e foi criada na facção de Abnegação sua vida inteira. Sentindo-se presa no mundo de Abnegação, Beatrice decide que a vida dela tem que mudar e escolhe outra facção, surpreendendo não só a si mesma mas também sua família.

Nesta nova facção, a mais perigosa das cinco, Beatrice se depara com um novo mundo cheio de adrenalina, liberdade e competição. Porém a sua vida corre risco devido ao seu teste de aptidão no qual ela descobriu algo intrigante sobre si mesma, algo que ela desconhecia e algo assustador, um segredo que ela terá de guardar para sobreviver. O mesmo segredo que ao ser desvendado pode destruí-la e criar um conflito na sociedade que nos olhos de muitos habitantes, é uma utopia.

A protagonista é corajosa e demonstra ser de personalidade forte. O jeito que foi criada em Abnegação não lhe permite ser uma pessoa muito calorosa mas ao longo do livro com a ajuda de Four (lindo e maravilhoso Four) os amigos e inimigos disfarçados de amigos, podemos ver a transição na personalidade de Beatrice e até um pouco de sarcasmo.

Enfim... posso dizer que mesmo não sendo a maior fã de livros de distopia adorei Divergente por ser algo de novo e diferente dos livros que leio. O que mais amei durante o livro inteiro foi conseguir sentir a adrenalina que Beatrice sentiu nas partes mais radicais e extremas o que prova que a escrita de Roth é fenomenal, detalhada o suficiente e não a ponto de saturação.

Os personagens incluindo os vilões são verdadeiros e a história em si foi bem estruturada. Para primeiro livro de uma trilogia Divergente é perfeito como introdução do mundo que Roth imaginou. A história tem a quantidade certa de romance (nem muito e nem pouco).

Gostei muito da masculinidade de Four e gostei mais ainda da vulnerabilidade que ele esconde. Um livro que leva os fãs de YA (Young adult) a um mundo fascinante! 5 estrelas, recomendo a todos os fãs de YA.

Resenha por
Débora L. Poco

Comentários
3 Comentários

{ 3 comentários... comente você também }

  1. Eu adoro Divergente, é uma das minhas distopias favoritas! <3

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ai Thai,eu estou empacada na leitura desse livro,sua resenha está perfeita e eu quero contagiada assim pelo livro também...

    Vou insistir na leitura por sua causa...

    bjsss

    Bianca

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bia não fui eu que escrevei a resenha, foi a Débora, mas pra mim Divergente é uma boa distopia, porém só convenceu no segundo livro Insurgente.

      Excluir

^

- Copyright © 2013 Quatro Amigas e um Livro Viajante - Hospedado pelo Blogger -