Postado por : Thainá Cristina 10 fevereiro 2014

Título: O Clã dos Dragões
Saga: Terras de Neve e Gelo #1
Autora: Ilkka Auer
Páginas: 336
Editora: Gutenberg
Resenha por: Thainá Cristina
Compre com desconto
Eu sei, eu sei, o nome do livro é O Clã dos Dragões mas tem um urso polar na capa é isso mesmo??
Essa foi a primeira pergunta que minha prima me fez quando me viu lendo esse livro. Confesso que eu mesma fiz essa pergunta quando vi a capa pela primeira vez, mas acredite, ela faz jus a história e contém diversos elementos da aventura de NONNA pelos reinos da trilogia Terras de Neve e Gelo da editora Gutenberg.

A nossa protagonista é a ainda menina Nonna, que é bem diferente da maioria das crianças de sua idade por ser extremamente madura, e que tem como melhor amigo e animal de estimação, FENRIS, um urso polar com quem tem uma preciosa conexão de mão dupla (Tai explicado o porque do urso polar na capa). Moradora do vilarejo Nascente Negra, Nonna logo no começo do livro vê seu vilarejo por completo ser atacado por homens desconhecidos quando todos estavam reunidos nas grandes várzeas em um ritual em comemoração ao primeiro dia de verão.

Tirada de seu vilarejo no reino de Bariadia, e levada a força para o Forte do Campo Negro no reino de Nawyr, Nonna junto com Fenris descobrirá cada vez mais sobre a história de sua família e a sua própria em uma terra de fantasia com direito a gnomos, trolls, fadas e que um dia já fora governada por dragões.

O primeiro livro da saga de quatro volumes do autor finlandês Ilkka Auer, traz uma história única e muito bem trabalhada com reviravoltas de 360º em uma narração intricada e que não deixa pistas para trás! O livro é narrado em terceira pessoa, o que é ótimo e só acrescenta a história com riquezas de detalhes e visão ampla dos diversos personagens, e até mesmo com visões sob a perspectiva do urso Fenris em certas situações.

Eu adorei como o autor soube desenvolver os personagens e os elos criados na história como amizade de Nonna com Fenris que é emocionante de se ler já que o vínculo entre eles fala mais alto até do que as necessidades físicas de ambos, como foi o caso de Fenris que atravessou praticamente todo o reino de Bariadia sozinho enfrentando inclusivo o verão, para ir atrás de Nonna quando pressentiu que esta estava em perigo. Nonna por sua vez é uma protagonista bem forte para uma criança e por diversas vezes quis entrar no livro e abraça-la. Gostei bastante do modo como o autor desenvolveu o personagem que é bem decidida em momentos cruciais do livro para proteger aqueles que ama.

Apesar de tudo O Clã dos Dragões tem seu ponto negativo e foi o que me levou a dar uma classificação final de 3 estrelas, o que pra mim equivale a uma leitura BOA. Eu demorei bastante para pegar um ritmo adequado na narração por ser bastante detalhada, daquelas que descrevem praticamente todo o cenário ao redor. Ela é enfadonha? NÃO. Porém por riquezas de detalhes o tempo em que geralmente levo para ler umas 100 folhas, em O Clã dos dragões eu lia umas 40/50 folhas. Esse fator apenas incomoda aqueles que como eu, preferem uma narração concreta e sem furos porém bem mais objetiva.

A história é dividida de uma maneira bem diferente, e isso também contribuiu para que eu demorasse a pegar o ritmo e me acostumar, já que num mesmo capítulo o autor interrompe ele para pular de um lugar para o outro, alternando também os personagens sob o foco da narração e inclusive o ano do acontecimento da narração que pode dar uns pulos grandes de tempo. É aquele famoso "Enquanto isso em tal lugar e em tal ano..." das séries de tv e dos filmes.

O outro fator negativo foi a falta de uma mapa logo no começo do livro para a localização dos lugares que eram citados durante a história, e acredite eram muitos. O que amenizou um pouco esse problema foi que no final do livro a editora brilhantemente acrescentou uns ANEXOS aonde você pode tirar duvidas sobre pessoas, deuses, lugares, criaturas... assim eu fiquei bem menos perdida na história.

O Clã dos Dragões traz uma história de amizade, vingança e muita fantasia. Esse é um livro que eu recomendo sim, porém para aqueles que gostam de uma narração detalhada, de uma história bem intricada, desenvolvida e de personagens fortes. Termino essa resenha dizendo apenas mais uma coisa: Senti uma saudade terrível de Nonna quando fechei o livro <3

Comentários
1 Comentários

{ 1 comentários... comente você também }

  1. Haha estranho mesmo ter um urso na capa quando o título é esse, mas nem reclamo porque a capa é linda linda linda. Poxa uma pena que não tenha mapa, mas a parte dos detalhes não vai em incomodar, eu aaaaamo uma leitura bem detalhada, contado é claro que não seja enfadonha, e você já disse que não é.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

^

- Copyright © 2013 Quatro Amigas e um Livro Viajante - Hospedado pelo Blogger -