Postado por : Alessandra Regina 23 julho 2014

Título: Belleville
Autor: Felipe Colbert
Páginas: 301
Editora: Novo Conceito
Resenha por: Alessandra
LUCIUS saiu de sua casa e foi para Campos do Jordão fazer faculdade de Matemática. Para trás, ele deixou seu pai, comerciante e cultivador de Orquídeas, e muitas saudades de sua falecida mãe. Lucius é como tantos outros estudante que se afastam de suas casas para estudar, está um pouco confuso com tantas mudanças e o dinheiro no banco é contado para as necessidades básicas e pequenos imprevistos. 

Para a temporada em Campos, Lucius alugou uma antiga casa um pouco afastada do centro da cidade. A casa está bem judiada e possui um enorme terreno nos fundos, muitíssimo arborizado.

Depois de uma primeira semana de aula a ser esquecida, Lucius decidi conhecer melhor a propriedade que deverá ser sua casa nos próximos quatro anos. Dirigindo-se aos fundos do terreno ele encontra algo totalmente inusitado, estacas de madeira perfiladas formando um caminho sinuoso.

No terreno há ainda um galpão onde ele encontra uma motocicleta Vespa abandonada, um carrinho de madeira (que ele deduz ser para a montanha-russa) e algumas folhas com um projeto rabiscado. Como bom matemático que é, e depois de analisar os desenhos nas folhas de papel, Lucius conclui: Alguém começou a construção de uma montanha-russa neste terreno.

Já no interior da casa, ele se dirige a biblioteca pela qual só havia passado brevemente os olhos. Removendo um livro de lugar uma foto antiga cai no chão. A foto está desbotada e é muito antiga, mas nenhum destes detalhes o impede de identificar uma linda garota - com olhos que ele jura serem verdes - ajoelhada na terra segurando uma caixa de madeira nas mão. A foto mostra a clara intenção da garota em enterrar a caixa onde parece estar o pilar principal da construção nos fundos da casa.

Com a foto em mãos, Lucius vai até o local onde a garota da foto parece estar ajoelhada e decide tentar a sorte, pega uma pequena pá e começa a cavar. Em poucas tentativas ele encontra a caixa. Dentro, uma carta confirma suas suspeitas, realmente alguém começou a construir uma montanha-russa, no caso, o pai da garota na foto. A garota se chama ANABELLE, e ela pede a quem encontrar aquela caixa que acabe de construir o que era o sonho de seu pai, a montanha-russa BELLEVILLE.

A partir dai, Lucius e Anabelle iniciam uma troca de carta através do tempo, mais precisamente 50 anos, ela em 1964, ele em 2014.

Agora imagina: você acabou de chegar em um lugar onde não conhece ninguém, está prestes a iniciar seu primeiro ano de faculdade, seu dinheiro é praticamente contado e alguém pede para você construir uma montanha-russa!

Conheço o excelente trabalho do escritor FELIPE COLBERT há algum tempo, todos sempre muito bem escritos, mas preciso dizer: neste livro ele foi nada menos que perfeito.

A narrativa acontece em “tempo real”, considerando o intervalo de anos, é claro. Lucius é um rapaz com todos os dilemas vividos no início da vida adulta, Anabelle é uma garota órfã com uma vida extremamente sofrida e um futuro dilacerante a sua espera.

Ok, eu sei que parece loucura, mas na minha opinião eles estão REALMENTE no mesmo lugar! Explico, é como se eles estivessem sobrepostos, eles não podem se ver com os próprios olhos, mas "se vêem" e interagem através da construção de Belleville. De alguma maneira as cartas vão e voltam 50 anos no tempo, sempre em um intervalo de 24 horas entre quem envia e quem recebe. A conexão é tal que posso jurar que o que um sentia - dor, alegria, seja o que for - automaticamente, refletia no outro.

Achei o envolvimentos dos protagonistas muito bem trabalhado - por vezes engraçado, por vezes tristes - mas sempre sensível e apaixonante. É claro que é preciso sempre contar com a intrínseca “conexão dos predestinados”, que eu tanto costumo citar nas resenhas. Porque sejamos justos, sem uma boa dose de sincronicidade entre protagonistas os livros teriam, pelo menos, umas mil páginas.

O Lucius é adorável e inteligentíssimo, gostei muito da maneira que ele conduziu tudo - por mais louco que fosse – ao seu redor. A história em nenhum momento deu espaço para desconexões. É uma ficção científica absolutamente verossímil.

Preciso dizer, eu sofri tanto com a história de vida de Anabelle que em alguns momentos eu parava de ler, tomava uma água, respirava fundo e voltar ao livro. Eu mais sofri que chorei, mas aviso: os mais sensíveis não abriram mão do uso de um bom lenço.

Mas a pergunta que fica é: Qual a chance de Lucius e Anabelle se encontrarem?

Sim, também ouvi vários comentários sobre a semelhança do enredo de Belleville com o do filme “A Casa do Lago”. Sinceramente? Se não fosse pelas cartas eles não teriam absolutamente nada em comum. É como se eu dissesse que histórias sobre vampiros que se envolvem com humanos são sempre iguais!

CLARO, não podemos deixar de falar sobre o trabalho primoroso de diagramação da NOVO CONCEITO, e dessa capa que é LIN-DAAA!

Eu gostei demais desse livro, e Belleville já entrou na minha lista de preferidos deste ano.

Comentários
10 Comentários

{ 10 comentários... comente você também }

  1. Oiee.
    Nossa, quando vi o lançamento desse livro não dava 1 real por ele rsrsrs
    Mas depois dessa resenha maravilhosa mudei totalmente de opinião, espero me deparar com ele o mais breve possível.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  2. Estava louca para ler essa obra a algum tempo, mas essa vontade aumentou muito depois dessa resenha. Alessandra, como você faz isso com meu pobre coração? Adoro livros que ficam com essa ligação passado - futuro, desde que bem escrito, como parece que o Felipe fez. O que me dá mais vontade ainda de ler. Espero ter a oportunidade em breve.

    ResponderExcluir
  3. OI
    Eu to doida pra ler esse livro já a algum tempo,no inicio fiquei curiosa com a capa,depois li de relance a sinopse,mas com essa resenha to louca pra ler ele,to louca pra saber mais sobre a historia dos personagens e saber o que acontece :)

    ResponderExcluir
  4. Oieee
    Acredita que eu nem sabia que esse livro era nacional :0
    Mas já estou de olho nele a algum tempo só não comprei por que de última hora decidi escolher a continuação de outra série.
    Fico me perguntando de que maneira Lucius vai construir essa montanha-russa e se ele vai conseguir realizar tal façanha sem muito dinheiro ou experiência.Já que vários anos se passaram como seria o encontro entre os dois,Anabelle está morta ou ainda está viva morando em algum lugar por ai?
    Estou bastante curiosa...
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Oláaa, tudo bem?
    Eu quero muito ler esse livro, a historia dele pelo visto é linda, ainda não li nada que fosse do tipo, passado presente, cartas nossa que coisa louca, mas creio que dá muito certo, sua resenha me fez ter ainda mais certeza de que quero ler o livro, e o fato de que ele é nacional fez com que meus olhinhos brilhassem ainda mais, pois estou amando ler nacionais, a capa é linda também.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  6. Alessandra, primeiro quero pedir licença para corrigir duas palavrinhas que estão escritas erroneamente e que você pode ter passado desapercebida: decidi (se a pessoa decide, é com E no final) porque decidi é para primeira pessoa. E pila (seria pilar, no sentido de pilastra que segura algo). Espero que não se chateie com minhas correções. Bom sobre o livro o que tenho a dizer: estou ansiosa por ler e como você fez menção ao filme a casa no lago também acredito que a única coisa que tem em comum sejam as trocas de cartas em tempos distintos! Pois a história realmente não parece em mais nada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dri, não me importo, não! pelo contrário, agradeço. Uma coisa ou outra sempre passa. beijo grande.

      Excluir
  7. Esse livro é só love, além de ter um cenário nacional, é fantástica a ideia de que você compra uma casa que teria uma montanha russa no quintal.. rsrs E essa montanha russa era o sonho do antigo dono.
    Só fiquei meio confusa com essa linha temporal, mas acredito que seja tipo em "A fenda branca", ou mais confuso.. rsrs
    Mas esse é um livro que está nos meus desejados há algum tempo, e assim que tiver em promo vai pro carrinho :)

    ResponderExcluir
  8. Nossa amei sua resenha, já to querendo esse livro faz um tempo
    Mais não sabia que ele é triste :p,amo livros que me fazem chorar
    Já que foi pra sua lista de melhores de 2014 queroo já ler

    ResponderExcluir
  9. Confesso que quando este livro foi lançado não havia me interessado muito....Mas depois de saber mais esta historia diferente e encantadora, fiquei super curiosa e interessada...E tua descrição esta muito animada =)
    Incluído a lista de desejados!! Linda capa!!

    ResponderExcluir

^

- Copyright © 2013 Quatro Amigas e um Livro Viajante - Hospedado pelo Blogger -