Postado por : Thainá Cristina 21 março 2014

Título: O Segredo de Ella e Micha
Saga: O Segredo #1
Autora: Jessica Sorensen
Páginas: 264
Editora: Geração Editorial
Resenha por: Thainá Cristina
Hoje venho trazer para vocês a resenha de O Segredo de Ella e Micha, publicado aqui no Brasil pela Geração Editorial, que surpreendeu seus parceiros com esse mimo LINDO! *-*

O livro como o nome já diz conta a história de Ella Daniels e Micha Scott, amigos muito próximos desde da infância com os mesmos gostos musicais, amor pelos carros e que descobrem estarem apaixonados um pelo outro.

E tudo isso seria lindo e perfeito na terra da fantasia, mas em se tratando de um New Adult não podia faltar um pouco de drama e dificuldades a serem vencidas na vida de nossos protagonistas. E isso, Jessica Sorensen acrescentou bem na história, e MUITO!

Ella é uma jovem com uma vida complicada desde muito cedo com sua família super disfuncional. Sua mãe sofria de transtorno bipolar, seu pai um alcoólatra e seu irmão super ausente. Já Micha sofreu com o abandono de seu pai, e fora criado sozinho por sua mãe. Juntos, Ella e Micha encontram consolo um no outro, porém após uma noite trágica, Ella se vê sem chão e sem rumo e decide sumir de sua cidade natal deixando todos para trás e sem mencionar o seu paradeiro.

Agora depois de 8 messes longe de casa, Ella retorna a sua cidade e terá que lidar com tudo aquilo que tanto lutou para esquecer e seguir em frente, e o pior, terá que enfrentar um Micha super apaixonado e que a procurou incansavelmente durante esses 8 messes longe de casa, e que está disposto a tudo para ter a sua Ella de volta.

Apesar de O Segredo de Ella e Micha conter todo o material necessário para um livro do gênero New Adult bombar no meio literário, eu diferente de muitas pessoas, enfrentei diversas dificuldades com a leitura do livro.

A primeira foi com o nome escolhido pela autora para O Micha. Sim, O em letra maiúscula porque eu jurava que o livro se tratava de um NA entre duas mulheres e não entre um homem e uma mulher. Sério, nome infeliz esse que a autora escolheu para o personagem. Tão infeliz que já encontrei 3 leitores que imaginaram a MESMA coisa e que também desanimaram com a história. Após isso meu ânimo com a leitura foi lá embaixo e não aproveitei tanto o livro como esperava.

Durante todo o tempo eu via uma certa contradição no personagem do Micha e isso dificultou e muito que eu me apegasse ao personagem. Não só a ele, mas com a Ella também, que luta tanto durante o livro pra ser uma pessoa que ela não é, e isso realmente me irritava em alguns momentos. E nem mesmo com a narração sendo intercalada entre ambos os personagens, me fazia me aproximar e me apegar mais a eles.

Fora isso a narração é leve e você consegue ler umas 100 folhas em menos de 1 hora tranquilamente, mesmo estando em uma ressaca literária.

Um dos outros pontos positivos do livro foram os personagens secundários que trouxeram bastante leveza a história e te deixa curiosa com o próximo livro e também os rachas, que é algo novo do qual eu nunca tinha lido, só visto em filmes e gostei bastante.

Já o trabalho da Geração Editorial está lindíssimo! Essa capa é muito mais bonita pessoalmente e o livro fica belíssimo na estante com essa tonalidade toda meiga <3 A diagramação também está um show com letras grandes, mas nada muito exagerado que atrapalhe a leitura.

O Segredo de Ella e Micha é o primeiro livro da saga O Segredo, que já conta com 4 livros lançados no exterior. 

Comentários
6 Comentários

{ 6 comentários... comente você também }

  1. Acho eu gostaria da leitura, mais só de pensar que ainda vem mais três pela frente...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bru ele é o seu tipo de leitura. O estilo de escrita da Jessica lembra bastante o da Abbi Glines ;)

      Excluir
    2. Não me fala isso mulher, se não vou cafifar e quer o livro a todo custo! Abbi <3

      Excluir
  2. Oi, Thaina, não fique exasperada pelo nome do personagem masculino rsrsr.....Micha é diminutivo do nome russo Mikhail, a única contradição é que a autora poderia ter colocado em SH, e não com CH, enfim... gostei de sua resenha, já li outras e a maioria é positiva. Ainda não li, está aqui na minha fila infinita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vê num geral indico esse livro sim, principalmente para amantes do gênero. O que pegou pra mim mesmo foi a tal da expectativa que eu tinha sobre ele, acredito que tirando isso a leitura talvez teria sido mais prazerosa e conquistado mais estrelinhas ;)

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

^

- Copyright © 2013 Quatro Amigas e um Livro Viajante - Hospedado pelo Blogger -